Suscribirte al NOTICIERO DC
correo

Efraim Filho quer rompimento de acordos bilaterais com Equador

O deputado Efraim Filho (Democratas-PB) protocolou nesta terça-feira requerimento na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania solicitando o rompimento dos acordos ou tratados bilaterais firmados entre o Brasil e o Equador.

Segundo o requerimento, as mensagens referentes a acordos bilaterais que não tenham sido apreciadas pela Comissão de Relações Exteriores serão devolvidas ao Poder Executivo.

O governo equatoriano se envolveu recentemente em uma polêmica envolvendo a construtora brasileira Odebrecht. A empresa estava no país para a construção da hidrelétrica de San Francisco, porém, teve seu contrato cancelado. Além disso, o presidente Rafael Correa chegou a dizer que não pagaria o empréstimo que fez com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).


De acordo com Efraim, o projeto será uma resposta do parlamento ao calote e um sinal para que o Governo brasileiro se recomponha, abandone sua timidez e adote uma posição mais firme em episódios de crise, recuperando o prestígio do Brasil na América Latina.

 

"O parlamento brasileiro não pode ficar indiferente ao fato da decisão do Equador de suspender o pagamento de empréstimos contraídos junto BNDES para a construção da hidrelétrica de San Francisco", disse Efraim em tom de protesto. "Ou o governo brasileiro desmascara a verve autoritária dos governos vizinhos ou assume que adota uma política externa equivocada em relação a eles", completou.

Quinze dias atrás, a mesma comissão realizou uma audiência pública para debater os desdobramentos da crise em questão. Na reunião, proposta por Efraim, representantes do Ministério das Relações Exteriores se explicaram sobre as medidas adotadas pelo governo brasileiro.

 

No hay comentarios: